Bom senso é preciso, portanto, criticar, só, não basta !!!

 

Bezerros x Políticos e Intransigência

Bezerros x Pol�ticos e Intransigência

Críticas x Críticas – Liberdade de Expressão e Bom Senso

 

olá amigos, perdoem minha intromição nas questões referentes aos eventos festivod em Bezerros, não estou aqui pra defender o peixe de ninguém, mas os que mais criticam são os que menos fazem, estão reclamando as atrações das festividades de fim de ano, qual o melhor??? termos a festa ou não ter nada??? como em alguns anos que não tivemos sequer uma banda de pífanos no meio da rua, sem falar que somos privilegiados, pois grandes cidades não tem a tradição que nós temos, e vou mais adiante, vcs não acham que os nossos artistas mereçem comer, beber, veestir, etc…, são por esses e outros motivos que muitos bem sucedidos conterrâneos desprezam nossa cidade, sequer dão notícas, concordo em grau, Gênero e número com a amiga de caruaru que diz “falando de mal de nossa cidade nunca iremos adiante”, por isso que cidades como gravatá, caruaru, petrolina, garanhuns,etc…, crescem a cada dia que passa, todos os seus ilustres moradores são bairristas, tente falar mal de uma dessas cidades a um filho natural delas, por isso me desculpem a sinceridade!!! vão procurar o que fazer pra engrandecer a nossa terra, por que ser a pedra é fácil demais, difícil é ser vitrine, e continuo a manifestar o meu amor por essa terra, te amo bezerros, “torrão amado onde feliz nasci, oh bezerros meu berço sagrado” Máximo Neto <comunicacaomaxima@hotmail.com> Bezerros, PE 22-dezembro-2006 / 11:00:39

 

Meu comentário a respeito:

……………………. Realmente, Neto Máximo: Os que mais criticam são os que menos fazem, NO ENTANTO, é sempre muito importante lembrar que a LIBERDADE DE EXPRESSÃO é direito consagrado, ok ?! Portanto, se reclamam é porque tem alguma razão !!! O que não adianta mesmo é ACEITAR TUDO QUE VEM DE CIMA ………………….. Vivemos num Estado Democrático de Direito e, portanto, temos a obrigação de expressarmos nosso senso crítico, principalmente quando se trata de ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA, pois afeta diretamente a nossa vida ……………… Bem !!! O problema não é esse, meu ilustríssimo comunicador radiofônico. … A questão aqui neste mural é que existem muitos PSEUDÔNIMOS que, nem se quer, tem a coragem de se identificar (usando, até, nomes de outras pessoas) que fazem críticas severas apenas para denegrir a atual Administração Municipal, pois têem interesse direto e sabe o porquê ??? Porque fazem parte do GRUPO POLÍTICO ADVERSÁRIO !!! E isso é RIDÍCULO !!! …………….. É por isso que tento ser o máximo imparcial, não sou aliado político de Bete de Dael, nem de Marcone Borba, portanto, o que está certo, APLAUDO e o que está errado, REPROVO e isso é DEMOCRÁTICO e CONSCIENTE …………….. Talvez um dos maiores problemas do povo desta cidade seja justamente este: “SE INFLUENCIAR POLITICAMENTE SEM USAR O BOM SENSO E NEM A IMPARCIALIDADE”. …………. Não importa quem esteja no “Poder”, desde que atenda aos ANSEIOS DA COMUNIDADE (“Bem Comum”) ………………….. Os políticos de nossa cidade (não todos, é claro, mas a grande maioria), SÓ SE PREOCUPAM COM SEUS INTERESSES PESSOAIS E DUELAM PELO PODER APENAS POR VAIDADE !!! ……………….. Isso é um absurdo e precisa mudar IMEDIATAMENTE !!! Ser político é doar-se para fazer o melhor para a comunidade, e não, pensar em si próprio. … A política é para servir a sociedade, principalmente os mais necessitados, e não, para se servir da “máquina administrativa” ……………….. Isso que falo não é NOVIDADE: TODOS SABEM DISSO, NUM É ??? ……………. Bom ! Quanto às festividades de Final de Ano, quero dizer que também não concordo com muita coisa, mas é melhor ter uma festa humilde do que não ter nada, MAS ISSO NÃO SIGNIFICA DIZER QUE ESTÁ CERTO !!! ……………….. Também amo Bezerros e dou minha vida por esta cidade (se deixassem, mas …), mas “criticar” em certos casos, obviamente, não significa dizer que quero o seu mal. Não ! Muito pelo contrário: certas críticas servem para demonstrar insatisfação com a falta de respeito em relação a minha cidade e, também, para demonstrar que a CLASSE DOMINANTE daqui não pode fazer o que quer, pois tem gente que não vai se “ calar”, entendeu ???!!! Concordo com a valorização de nossos artistas, mas, para aumentar o potencial turístico, precisamos de melhores atrações, as quais poderiam estar miscigenadas com nossos artistas locais, ok ?! ……………… Ser crítico, às vezes, significa falar mal e, às vezes, significa indignação e, até, sugestão para algo. Devemos saber identificar tais críticas. Ok ?! …………… Bom ! Fico indignado com tamanha falta de respeito de alguns, tanto pessoas comuns, quanto pessoas ligadas à Adm. Públ. Mun. Uma coisa é certíssima: Falta DINAMISMO e CRIATIVIDADE à Secretaria de Turismo quanto a tais festividades, pois tantas SUGESTÕES não foram levadas a sério pela arrogância de quem está à frente de muitos departamentos (em outras Secretarias também). ……………. Não sou mais aliado de Marcone e não vou criticá-lo neste momento, até porque não tenho informações precisas das acusações que fazem neste mural, etc., mas que ele é muito mal assessorado … isso ele é !!!

Os Sinais Típicos de Corrupção

prisao.jpg


  1. Histórico comprometedor da autoridade eleita e seus auxiliares;
  2. Falta de transparência nos atos administrativos do governante;
  3. Ausência de controles administrativos e financeiros;
  4. Atitude subserviente do legislativo;
  5. Baixo nível de capacitação técnica dos colaboradores e falta de treinamento;
  6. Comunidade alheia ao processo orçamentário;
  7. Sinais de riqueza;
  8. Resistência em prestar contas;
  9. Falta crônica de verba para os serviços básicos;
  10. Convites de fornecimento direcionados;
  11. Fornecedores “profissionais” de notas fiscais frias;
  12. Favorecimento como contra-prestação;
  13. Indícios no uso de notas fiscais de fornecimentos;
  14. Notas fiscais com valores redondos ou próximos do valor de R$ 8.000,00;
  15. Notas fiscais de fornecedores distantes e desconhecidos para materiais e serviços que oderiam ser adquiridos na localidade;
  16. Notas fiscais seqüenciais, indicando que a empresa só fornece para a Prefeitura;
  17. Notas fiscais com visual simples, quase todas com o mesmo layout, impressas na mesma práfica;
  18. Notas fiscais genéricas de prestação de serviço nas quais não estão especificados os serviços prestados;
  19. Empresas constituídas às vésperas da assunção do mandato;
  20. Falta de controle de estoque na Prefeitura;
  21. Consumo de combustível, merenda escolar, cabos elétricos, tubulações, etc.;
  22. Fraude nas licitações;
  23. Pagamentos com cheques sem cruzar;
  24. Realização de festas públicas;
  25. Concursos públicos direcionados;
  26. Declaração de renda do prefeito com bens semoventes;
  27. Transferências de verbas orçamentárias por meio de códigos;
  28. falta de publicidade dos pagamentos efetuados;
  29. Comprometimento dos vereadores com o esquema de corrupção;
  30. Falta de atendimento a pedidos de informações sobre despesas realizadas;
  31. Aquisições de produtos de empresas “fantasmas”; etc., etc., etc.
Publicado em Diversos. 2 Comments »
%d blogueiros gostam disto: