Dr. Aldo Corrêa de Lima – Advogado | Professor | Teólogo

A miséria da política

A fome desapareceu da maior parte do mundo durante o século XX. A modernização das economias e, com ela, o desenvolvimento das infra-estruturas de transportes e comunicações proporcionaram a possibilidade e a necessidade de evitar as catástrofes que, antes, dizimavam grupos populacionais inteiros.

Antes, a fome se abatia, periodicamente, em ciclos de secas ou episódios de guerra, sobre populações que viviam em limites próximos ao da subsistência e dependiam da agricultura tradicional ou do pastoreio. Essas tragédias permaneciam inscritas na memória regional, mas não tinham quase nenhum impacto em lugares mais distantes, em função do relativo isolamento das populações atingidas.

A modernização dos transportes e das comunicações transformou radicalmente o cenário. As catástrofes da fome tornaram-se eventos de impacto político nacional e mundial. Ao mesmo tempo, a economia moderna ofereceu os instrumentos para alimentar as populações pobres submetidas a crises agudas de fome. A imensa maioria dos Estados têm, atualmente, condições financeiras e técnicas de deslocar ajuda de emergência a regiões atingidas por secas, enchentes ou pragas antes que as pessoas comecem a tombar, mortas, sob o peso da fome.

Os Estados temem as catástrofes de fome pois as imagens de “gente morrendo em grande número ao longo das estradas, e os que ainda não morreram sem forças sequer para enterrá-los” têm o poder de provocar revoltas sociais. É por isso que, mesmo em países muito pobres e submetidos a regimes autoritários, os governos mobilizam recursos internos e ajuda internacional para controlar as crises episódicas de fome, impedindo que se tornem catástrofes.

A fome, atualmente, é uma tragédia circunscrita a um reduzido grupo de países paupérrimos, ocorrendo em épocas de secas ou enchentes que se associam ao colapso do poder central.

Nas últimas décadas, catástrofes de fome abateram-se na Etiópia, Somália, Sudão, Moçambique, Ruanda, Coréia do Norte e, na maior parte dos casos, resultaram de guerras civis.

No Brasil não existe fome. Aqui, como reflexo das desigualdades sociais e regionais extremas, existe subalimentação e má nutrição. Essa é uma tragédia vergonhosa, que pesa sobre a população mais pobre e ainda mantém inaceitavelmente elevadas as taxas de mortalidade infantil. Mas, no plano político e social, é preciso distinguir essa tragédia da fome, pois as respostas para uma são diversas das respostas para a outra.

A tela “Retirantes”, de Portinari, pintada em 1944, funcionou como bandeira política para as oligarquias nordestinas que se serviam da miséria regional e das últimas grandes crises de fome para capturar verbas públicas federais. As estradas e os açudes do Departamento Nacional de Obras contra as Secas (DNOCS), as frentes de trabalho e a distribuição de cestas básicas valorizavam os latifúndios e, simultaneamente, enraizavam o poder dos coronéis que intermediavam os programas federais.

Estas são as estratégias de nossa miserável política, que há séculos vem se projetando em cima da miséria alheia.

Fonte: http://www.clubemundo.com.br/revistapangea/show_news.asp?n=162&ed=1

Demétrio Magnoli

Anúncios

Arquivado em:Direitos Humanos

6 Responses

  1. PROTEXTO DOS EX CABOS DA FAB

    A Lei 1585 de 28 de março de 1952, em consonância com a Portaria 570, que dava estabilidade aos Ex Cabos da Força Aérea Brasileira, antes do período do Governo do Regime Militar, foi rasgada junto com a Constituição de 1946, e posteriormente, a (LSM) Lei do Serviço Militar 4.375 de 17 de Agosto de 1964, que fazia parte da Constituição de 1967, também foi pisoteada, onde os Artigos 130 á 147 do Regulamento da Lei do Serviço Militar, foram descumpridas pelo o Alto Comando da Aeronáutica, que durante o período da Ditadura Militar, legislou por conta própria, sobre a Inconstitucionalidade de uma Portaria, denominada “Portaria 1.104/Gm3/1964” durante o período da Ditadura Militar.

    E hoje, o nosso Presidente da República que se proclamou um democrata, ao tomar conhecimento de tudo que aconteceu com os idosos ex Cabos da Força Aérea Brasileira, também viola a Lei da Anistia Política contrariando a maior Carta do País que é a Constituição de 1988, dividindo a Classe de Ex Cabos em duas categorias: pré e pós 1964, anistiando uns e desanistiando a outros com julgamentos discriminatórios para a mesma classe dos Ex Cabos, semelhantes ao período antigo dos “Tiranos, Reinados, e da Ditadura Militar”, onde Leis não eram cumpridas pelos Governantes, e com isto, a maioria da população era penalizada. Com descumprimento da Lei da Anistia Política 10.559/2002, e dezenas de Leis não cumpridas por este Governo, onde a nossa Constituição de 1988 foi totalmente desrespeitada comparada as Constituições de 1946 e 1967, que foram pisoteadas pelo o Governo do Regime Militar, estar caracterizado que a reeleição pode ser boa a princípio, mais é má na aplicação, a imaturidade da sociedade civil reflete no Estado, essa minoridade incapacita-nos a aplicar princípios políticos benéficos. Temos uma Democracia na teoria e Ditadura na prática, com resultados totalmente negativos para todos os seguimentos da sociedade.

  2. tatepilot disse:

    Hi everybody! Does anybody know what is levitra? What a shirt? I go crazy about this!
    Look Here

  3. felipe disse:

    enquanto os nossos politicos roubam, nosso povo morre de fome, essa é realidade de todo o mundo.

  4. jose petronio medeiros de carvalho disse:

    SÃO PAULO 2 DE MAIO DE 2009

    AINDA ME LEMBRO QUE NO DE 1970 EU FUI
    PRÊSO POR POLICIAIS DO SERVIÇO RESERVADO
    DO ESTADO DE SÃO PAULO QUE POR FALSAS
    DENÚCIA MENTIROSAS SENDO ELES COVARDEM
    VIOLENTOS QUE ME COLOCARAM EM UMA SALA FECHADA E ESCURA E ALI COMEÇO SESSÃO DE
    VIOLENCIA CONTRA MIM DANDO SOCOS E
    ESMURRANDO-ME PARA QUE EU ASSINA-SE Á
    MINHA DEMISSÃO DO ESTADO PORQUE NA
    ÉPOCA ERA FUNCIONÁRIO PÚBLICO DE ESTADO
    ALEGANDO QUE EU ERA SUSPEITO DE AGITAÇÃO
    E DE COMETIDO CONTRA VENÇÃO PENAL.
    E AMEAÇO-ME PINDURA NO PAÚ DE ARARA SE EU
    NÃO ASSINASE MINHA DEMISSÃO DE ESTADO.
    NA ÉPOCA O SR SECRETÁRIO DA SEGURANÇA
    PÚBLICA ERA O SR EXEL: ERASMOS DIAS QUE
    ATRAVES DE OFICIO MANDO ME PRENDE E
    PROCESSAR CRIMINALMENTE OBEDECEDO A LEI
    DA DITADURA MILITAR COMETENDO INJUSTIÇA CONTRA MIM SENDO QUE O PROCESSO
    FOI ARQUIVADO POR FALTAS DE PROVAS E
    TAMBEM OS POLICIAIS ACIMA RELACIONADOS
    ERAM DE FALSA CREBILIDADE ESSE REGIME DE
    DITADURA MILITAR QUE TANTAS DESGRAÇAS
    TROUSE NA ÉPOCA PARA TANTAS FAMILIAS NO
    BRAIL. VEJA BEM EU MESMO ENTREI COM O
    REQUERIMENTO PEDIDO ANISTIA DO MEU CASO
    JA FAS MAIS DE 5 ANOS ATÉ AGORA PROCESSO
    ENCONTRA-SE ANDAMENTO PRECISO DE AJUDA
    PARA QUE EU SEJA ANISTIADO DEVIDO QUE EU SO IDOSO E MESMO ASSIM CONTINUO Á ESPERA
    OBRIGADO. PETRÔNIO DE CARVALHO

    BLOG. DR ALDO CORRÊA DE LIMA

  5. josé Petrônio Medeiros de Carvalho disse:

    SÃO PAULO 18 DE AGÔSTO DE 2009

    POR UM MOTIVO PESSOAL MAIS DE RESPONSABILIDADE DO GOVERNO
    DO ESTADO DE SÃO PAULO QUE ESTIVE NA 32 DP DE ITAQUERA EM SÃO PAULO
    PARA FAZER UMA OCORRÊNCIA FUIM RECEBIDO DE MANEIRA DEBOCHADA POR
    UMA CERTA AUTORIDADE QUE ALI ESTAVA DIZENDO QUE EU DEVERIA COMPARECER
    NO MINISTERIO PÚBLICO E ARRUMAR UM BOM ADVOGADO PARA FAZER ESSE TIPO DE
    OCORRÊNCIA POIS EU NEM PUDE FALAR PORQUE ESSSE POLICIAL MANDA-VA EU
    CALA A BOCA DENTRO DA DELEGACIA ESSES POLICIAIS SÃO VERDAEIROS DEUS.
    SAI DESSA DP INJURIADO POR SER TRATADO ASSIM.
    ENTÃO MEU FILHO LIGOR PARA CORREGEDORIA ENTÃO MAIS UMA VEZ VIA TELEFONE
    NOS FOMOS HUMILHADO, FALANDO DE MANEIRA NOGETA MANDOU QUE NÓS FÓSEMOS
    MAIS UMA VEZ NA DELEGACIA 32 DP ENTÃO POR EU SER IDOSO ELES VALARAM VAI
    FAZER OCORRÊNCIA NA DELEGACIA DO IDOSO SEU TROUXA.
    NEM MESMO Á CORREGEDORIA DA POLICIA CIVIL DE SÃO PAULO TEM MAIS RESPEITO
    PARA QUEM VAI FORMALIZAR UMA DENÚNCIA VIVO NESSE PAIS POR NÃO CONDIÇÕES
    DE VIVER EM OUTRO PAIS ME SITO UM LIXO QUANDO PRECISO DO SERVIÇO PÚBLICO
    POIS TENHO UMA ESPÔSA DEFICIENTE E DIABETICA E JA PEDI AJUDA Á ESSE EXEL:
    GOVERNADOR JOSÉ SERRA PARA ARRUMAR FITAS PARA MEDIR Á DIABETE DELA JÁ
    MANDEI VARIOS EMAIL E O GOVERNADOR PROMETE MAIS NÃO DAR FITAS PARA ELA
    ISSO É UMA VERGONHA UMA SENHORA DE 66 ANOS NÂOTEM AMPARO LEGAL NESSE PAIS
    NEM MESMO AS AUTORIDADES RESPEITA O ESTATUTO DO IDOSO.
    ESSE É O PAIS DA IMPUNIDADE ELES RASGÃO A LEI DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL NA NOSSA
    CARA E FAS DA GENTE UM FORASTEIRO E NÃO RESPEITA A CARTA MAGNA DO BRASIL
    O SECRETÁRIO DA SEGURANÇA PÚBLICA NÃO FISCALIZA A POLICIA DO ESTADO DE SÃO PAULO
    FAZ TRES MESES ATRAS QUE OS LADRÕES ASSALTARAM NOSSA IMOBLIÁRIA A MÃO ARMADA 4
    BANDIDO DE MODO VIOLENTO QUE ASSASSINARAM UNS DE MEUS FAMILIARES EU NEM FUI
    NESSA DELEGACIA 32 DP PORQUE ELES NÃ FAZ OCORRÊNCIA E NÃ TEM PARA NIQUEM
    RECLAMAR VIVEMOS AINDA EM UMA DITADURA CAMUFLADA POR ISSO QUE A NOSSA LEI NÃO
    FUCIONA ELA FICA SÓ NO PAPEL MAIS QUANDO É PARA DETRUIR A VIDA DE UM PAI DE FAMILIA
    E UMA PESSÕA ORDEIRA AI ELES AGI COMO CAPULA E NOS PAGAMOS COMO BODE ESPIATÓRIO
    EU SO PAI DA SRA REGINA CELIA LEMES DE CARVALHO EX: MULHER AUGUSTO PENA QUE
    DERRUBOU EX: SECRETÁRIO DA SEGURANÇA PÚBLICA SR DR MALHEIROS.
    É POR ISSO QUE EU SO PERSEGUIDO POR ESSA POLICIA PAULISTA QUE SÓ MEDE FORÇA
    COM PESSÔAS ORDEIRAS E QUE TEM UM VINCULO DE HOMENS HORRADO NESSE MUNDO
    ESTO AGUARDANDO A SER ANISTIADO EM BRASILIA QUANDO NA ÉPOCA DA DITADURA MILITAR
    SOFRI TODO TIPO DE VIOLENCIA DENTRO DE UMA SALA PARA ASSINAR MINHA EXONERAÇÃO
    QUE EU EXERCIA NO ESTADO DE SÃO PAULO ACUSADO DE SER AGITADOR E PRATICAR CONTRA
    VENÇÃO PENAL FUI PRESO POR POLICIAIS MENTIROSOS E COVARDEM PARA FICA DO LADO DA IMPIEDOSA ESCURIDÃO DA DITADURA MILITAR REGIME NAZISTA E CRUEL FUI CONDUZIDO A SER
    INJUSTIÇADO PARA Q

  6. marcia disse:

    gostaria de obter um modelo de requerimento de anisitia politica
    obrigada

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  • 2,508,395 - Acessos !

Digite seu e-mail no espaço abaixo e clicar em acompanhar para nos seguir

Junte-se a 2.386 outros seguidores

janeiro 2007
D S T Q Q S S
    fev »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Leia a Bíblia Sagrada !

Salvação só em Jesus Cristo

Escritório:

81.3728.2648 e 8116.5304

Justiça Social

Apenas com Justiça Social seremos capazes de transformarmos a dura realidade das pessoas menos favorecidas.

Antes disso, é importantíssimo que possamos desenvolver uma mentalidade nacional voltada para o suprimento dessas necessidades básicas da população humilde, a fim de que tenhamos condições de sencibilizar a todos (inclusive nossa classe política, que há tanto tempo vem ocasionando esses desajustes perante a coletividade, afinal de contas, grandes importâncias pecuniárias estão sendo desviadas para o domínio ilícito particular da maioria desses políticos, assim como é de conhecimento público e notório e que quase ninguém faz nada).

Dentro dessa perspectiva, é fundamental que possamos fiscalizar, direta e indiretamente, a atuação do "Estado" e do particular (ONG's também) e exigir a punição aos infratores, especialmente, se forem Autoridades Públicas.

Dessa forma, talvez estejamos dando um passo concreto e mais eficaz em direção a um futuro mais equitativo para todos nós, principalmente para os mais pobres.

Bel. Aldo Corrêa de Lima - Advogado e Professor

Assembléia de Deus

Ministério Israel | Brasil | Pernambuco

Seminário de Teologia

Persiste em Ler, Exortar e Ensinar ... (1 Tm. 4.15)

Maluco por Jesus

Deus atraiu você até este site para falar-lhe algo ! Descubra o que é !!!

%d blogueiros gostam disto: