Penitenciárias e centros de internação vão formar jovens

 O Governo de Minas vai implantar nas unidades penitenciárias e centros de internação os projetos “Chefs do Amanhã” e “Diálogos da Juventude”, ambos com objetivo de formar jovens para o futuro.  A decisão de inclusão de jovens em cumprimento de medida socioeducativas e de pena nos programas foi anunciada, nesta terça-feira (28) pelo coordenador especial da Juventude, Roberto Tross, durante o 1° Seminário sobre Diretrizes de Políticas Públicas de Juventude no Sistema Carcerário e nas Medidas Socioeducativas, realizado em Belo Horizonte.

 

Dados do primeiro semestre de 2008, levantados pela Superintendência de Atendimento ao Preso da Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds), demonstram que Minas Gerais tem um total de 14.551 presos com idade entre 15 e 29 anos, o que representa 61,13% da população prisional no Estado.

Segundo Roberto Tross, esse levantamento justifica a inclusão desta parcela da juventude entre os beneficiários do programas “Diálogos da Juventude” e “Chefs do Amanhã”.  O próximo passo será a definição das unidades atendidas e de que forma esses programas serão implantados.

O programa “Diálogos da Juventude” tem por objetivo transformar o jovem protagonista e agente de transformação no meio familiar e na comunidade.

O projeto “Chef´s do Amanhã”, realizado em parceria com a Central de Abastecimento de Minas Gerais (Ceasa-MG), oferece cursos de capacitação para jovens, que participam de oficinas de culinária e recebem material didático com dicas de alimentação saudável e receitas econômicas e nutritivas.

Seminário

“O seminário tem por finalidade fomentar o debate sobre as políticas públicas de juventude e sua aplicação aos jovens em cumprimento de medidas socioeducativas ou recolhidos a unidade do sistema penitenciário e estes são dois projetos facilmente aplicáveis a este segmento jovem”, explicou o coordenador.

Para Tross, o seminário também representou uma oportunidade de a Secretaria de Estado de Esportes e da Juventude (Seej) e a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Seds), organizadoras do evento, debaterem políticas públicas voltadas para um público de 15 a 29 anos.  “Vamos criar condições para uma vida melhor para esses jovens, para a sua reinserção social de forma mais ampla”, justificou Roberto Tross.

Para o subsecretário de Atendimento às Medidas Socioeducativas, Ronaldo Pedron, é uma articulação importante já que são secretarias que se reúnem para discutir tema comum. “O seminário tem por objetivo a elaboração de políticas públicas para que os egressos do sistema penitenciário e das unidades de cumprimento de medida socioeducativas não retornem à tutela do Estado”, disse.

 

Título Penitenciárias e centros de internação vão formar jovens
Autor Secretaria de Estado de Governo Data 28/10/2008
Links  
Arquivos  
Fonte: Carlos Alberto/Secom-MG

 

Autor: Secretaria de Estado de Governo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: