Dr. Aldo Corrêa de Lima – Advogado | Professor | Teólogo

LEGISLAÇÃO

ALDO cartão de visita frente

    A

Abuso de Autoridade – Lei nº 4.849, de 09.12.1965
Ação Civil Pública para Proteção e Invetário de Valores Mobiliários – Lei nº 7.913, de 07.12.1989
Ação Civil Pública – Lei nº 7.347, de 24.07.1985
Ação Popular – Lei nº 4.717, de 29.06.1965
ADIn (Ação Direta de Inconstitucionalidade) – Lei nº 9.868, de 10.11.1999
ADPF (Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental) – Lei nº 9.882, de 03.12.1999
Agentes Públicos (Crimes de Responsabilidade) – Lei nº 1.079, de 10.04.1950
Agricultor (Prova da Atividade Rural) – Portaria MPAS nº 4.273, de 12.12.1997
Água – Decreto nº 24.643, de 10.07.1934
Água – Lei nº 9.433, de 08.01.1997
Alienação Fiduciária – Decreto-Lei nº 911, de 1º.10.1969
Alimentos – Lei nº 5.478, de 25.07.1968
Alimentos – Lei nº 11.346, de 15.09.2006
Animais – Decreto 4.645 de 10.06.1934
– Animais (Manifesto pela libertação)
Aposentadoria (cooperativa de trabalho) – Lei nº 10.666, de 08.05.2003
– Arbitragem – Lei n° 9.307, de 23.09.1996
– Armas de Fogo – Decreto nº 5.123, de 1º.07.2004
Armas de Fogo – Lei nº 10.826, de 22.12.2003
– Arqueológico e Pré-Histório (Pesquisa) – Lei n° 3.924, de 26.07.1961

    B

– Banco (Defesa do Cliente) Resolução BACEN nº 2.878, de 26.07.2001
– Bem de Família – Lei n° 8.009, de 29.03.1990
Biossegurança – Lei nº 11.105, de 24.03.2005

    C

– CADE – Lei nº 8.884, de 11.06.1994
– Cartórios – Lei nº 8.935, de 18.11.1994
Casa Própria – Lei nº 4.380, de 21.08.1964
CC (Código Civil) – Lei nº 10.406, de 10.01.2002
CF (Constituição Federal)
Cheque – Lei nº 7.357, de 02.09.1985
– Cheque – Decreto-Lei nº 2.591, de 07.08.1912
CLT (Consolidação das Leis do Trabalho) – Decreto-Lei nº 5.452, de 1º.05.1943
– Código de Conduta da Alta Administração Federal
– Código de Propriedade Industrial – Lei nº 9.279, de 14.05.1996
– Código Tributário Nacional (CTN) – Lei nº 5.172, de 25.10.1966
– Código Comercial – Lei nº 556, de 25.06.1850
– Código de Caça – Lei nº 5.197, de 03.01.1967
– Código de Hamurabi
– Código de Mineração – Decreto-Lei nº 227, de 28.02.1967
Concessão e Permissão de Serviço Público – Lei n° 8.987, de 13.02.1995
– Concubinato – Lei nº 8.971, de 29.12.1994
Consumidor – Lei nº 8.078, de 11.09.1990
– Consumidor (CDC Bancário) – Resolução BACEN nº 002878, de 26.07.2001
– Consumidor (SNDC) – Decreto nº 2.181, de 20.03.1997
Contabilidade (Resoluções – CFC)
Conta-Corrente – Resolução BACEN nº 2.025, de 24.11.1993
– Contratos Civis – Lei° 10.931, de 02 de agosto de 2004
Contravenções Penais – Decreto-Lei nº 3.688, de 03.10.1941
Convenção (ONU – Brasil) x Corrupção
Coopperativa – Lei nº 5.764, de 16.12.1971
CP (Código Penal) – Decreto Lei nº 2.848, de 07.12.1940
– CP (Lei de Introdução) – Decreto-Lei nº 3.914, de 09.12.1941
CPC (Código de Processo Civil) – Lei nº 5.869, de 11.1.1973
– CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) – Lei n° 1.579, de 18.03.1952
– CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) – Lei nº 10.001, de 04.09.2000
– CPM (Código Penal Militar) – Decreto Lei nº 1.001, de 21.10.1969
CPP (Código de Processo Penal) – Decreto-Lei nº 3.689, de 03.10.1941
– CPPM (Código de Processo Penal Militar) – Decreto Lei nº 1.002, de 21.10.1969
Crime Organizado – Lei n° 9.034, de 03.05.1995
– Crimes de Responsabilidade – Lei n° 1.079, de 10.04.1950
– Crimes contra a Ordem Tributária, Econômica e de Consumo – Lei n° 8.137, de 27.12.1990
– Crimes contra o Sistema Financeiro nacional – Lei nº 7.492, de 16.06.1986
– Crimes Hediondos – Lei nº 8.072, de 25.07.1990.
– Cultura – Lei nº 7.505, de 02.07.1986
– Cultura – Lei nº 8.313, de 23.12.1991
– CVM (Comissão de Valores Mobiliários) – Lei nº 6.385, de 07.12.1976

    D

Declaração Universal dos Direitos das Plantas e Animais
Declaração Universal dos Direitos Humanos
– Declaração – Lei nº 7.115, de 29.08.1983
– Defensoria Pública – Lei Compl. nº 80, de 12.01.1994
– Deficientes (Transporte Coletivo) – Decreto nº 3.298, de 20.12.1999
Deficientes (Transporte Coletivo) – Lei n° 7.853, de 24.10.1989

Deficientes Mentais (Proteção) – Lei nº 10.216, de 06.04.2001

– Desapropriação por Interesse Social – Lei nº 4.132, de 10.09.1962
– Desaproriação por Utilidade Pública – Decreto-Lei nº 3.365, de 21.06.1941
– Desporto (Código Brasileiro de Justiça Desportiva) – Resolução CNE nº 01, de 23.12.2003
– Desporto (Estatuto Defesa Torcedor) – Lei nº 10.671, de 15.05.2003
– Desporto (Lei Pelé) – Lei nº 9.165, de 24.03.1998
– Direitos Autorais – Lei nº 9.610, de 19.02.1998
Discriminação (Combate) Decreto nº 5.397, de 22.03.2005
– Divórcio – Lei nº 6.515, de 26.12.1977
– Drogas – Decreto nº 5.912, de 27.09.2006
Drogas – Lei nº 11.343, de 23.08.2006
– Duplicatas – Lei nº 5.474, de 18.07.1968

    E

– ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente) – Lei nº 8.069, de 13.07.1990
– ECAD (Direitos Autorais) – Lei n. 5.988, de 14.12.1973
– Educação (LDBEN) – Lei nº 9.394, de 20.12.1996
– Eleitoral (Código) – Lei nº 4.737, de 15.07.1965
– Eleitoral – Lei nº 9.504, de 30.09.1997
– Eleitoral (Arrecadação e Aplicação de Recursos em Campanha) – Resolução TSE nº 22.160, de 03.03.2006 (Instr. nº 102)
– Eleitoral (CNPJ Partidos, Comitês e Candidatos) Instrução Normativa Conjunta TSE nº 609, de 10.01.2006
– Eleitoral (Inelegibilidades) – Lei Complementar nº 64, de 18.05.1990
– Eleitoral (Partidos Políticos) – Lei nº 9.096, de 19.09.1995
– Eleitoral (Propaganda, Financiamento e Prestação de Contas) – Lei nº 11.300, de 10.05.2006
– Eleitoral (Transporte Gratuito nas Eleições) – Lei nº 6.091, de 15.08.1974
– Eletricidade – Resolução ANATEL nº 456, de 29.11.2000
– Empregado Doméstico – Decreto nº 3.361, de 10.02.2000
Empregado Doméstico – Lei nº 5.859, de 11.12.1972
– Ensino Supreior – Lei nº 5.540, de 28.11.1968
– Estatuto da Terra – Lei nº 4.504, de 30.11.1964
– Estatuto das Cidades – Lei n° 10.257, de 10.07.2001
– Estatuto dos Refugiados (PNDH) – Lei nº 9.474, de 22.07.1997
– Estrangeiro – Lei n° 6.815, de 19.08.1980
– Ex Combatente – Lei nº 5.315, de 12.09.1967
– Execução Fiscal – Lei nº 6.830, de 22.09.1980
– Execução Penal – Lei nº 7.210, de 11.07.1984

    F

– Falências – Lei nº 11.101, de 09.02.2005
– FCVS (Fundo de Compensação de VAriações Salariais) – Lei nº 10.150, de 21.12.2000
– FGTS – Lei nº 8.036, de 11.05.1990
– Franquia – Lei n° 8.955, de 15.12.1994
– FUNDEF – Lei nº 9.424, de 24.12.1996

    G

– Genocídio – Lei nº 2.889, de 1º.10.1956
– Greve (Serviços Inadiáveis) – Lei nº 7.783, de 28.06.1989
– Guarda Compartilhada – Lei nº 11.698, de 13.06.2008

    H
    I

– Idoso – Decreto nº 1.948, de 03.07.1996
– Idoso – Lei nº 8.842, de 04.01.1994
– Idoso – Lei nº 10.741, de 1º.10.2003
– Idoso (Prioridade Processual) – Lei nº 10.173, de 09.01.2001
– Imposto de Renda – Lei nº 7.713, de 22.12.1988
– Improbidade Administrativa – Lei nº 8.429, de 02.06.1992
– Índio – Lei nº 6.001, de 19.12.1973
– Interceptação Telefônica – Lei nº 9.296, de 24.07.1996
– Inventário Administrativo – Lei nº 11.441, de 04.01.2007

    J

– JEC (Juizados Especiais Cíveis Estadual) – Lei nº 9.099, de 26.09.1995
– JECF (Juizados Especiais Cíveis Federal) – Lei nº 10.259, de 12.07.2001
– Jornalismo – Decreto nº 83.284, de 13.03.1979
– Justiça Gratuita – Lei nº 1.060, de 05.02.1950

    L

– Lavagem de Capitais – Lei nº 9.613, de 03.03.1998
– Lei Uniforme – Decreto nº 57.663, de 24.01.1966
– Leis (elaboração) – Lei Complementar nº 95, de 26.02.1998
– LICC (Lei de Introdução ao Código Civil) – Decreto-Lei nº 4.657, de 04.09.1942
Licitações Públicas – Lei nº 8.666, de 21.06.1993
– Liminares contra a Fazenda Pública – Lei nº 8.437, de 30.06.1992
– Liminares contra a Fazenda Pública – Medida Provisória nº 2.180-35, de 24.08.2001)
– LOAS (Lei Orgânica da Assistência Social) – Lei nº 8.742, de 07.12.1993
– Locações – Lei nº 8.245, de 18.10.1991
– LOJF (Lei de Organização da Justiça Federal) – Lei nº 5.010, de 30.05.1966
– LOMAN (Lei de Organização da Magistratura Nacional) – Lei Complementar nº 35, de 14.03.1979
– LOMP (Lei de Organização do Ministério Público) – Lei nº 8.625, de 12.02.1993
– LRF (Lei de Responsabilidade Fiscal) – LC nº 101, de 04.05.2000
– LRF (Perda do Cargo por Excesso de Despesas) – Lei nº 9.801, de 14.06.1999

    M

– Maria da Penha (Violência Doméstica) – Lei nº 11.340, de 07.08.2006
– Meio Ambiente – Decreto nº 3.179, de 21.09.1999
– Meio Ambiente – Lei nº 6.938, de 31.08.1981
– Meio Ambiente – Lei nº 9.605, de 12.02.1998
– Meio Ambiente (Código Florestal) – Lei nº 4.771, de 15.09.1965
– Meio Ambiente (Fauna) – Lei n° 5.197, de 03.01.1967
– Meio Ambiente (Gestão de Florestas, etc.) – Lei nº 11.284, de 02.03.2006
– Meio Ambiente (Pesca) – Decreto-Lei nº 221, de 28.02.1967
– Meio Ambiente (Política Agrícola) – Lei nº 8.171, de 17.01.1991
– Meio Ambiente (Unidades de Conservação) – Lei nº 9.985, de 18.07.2000
– Meio Ambiente (Vinho – Uva) – Lei nº 7.678, de 08.11.1988
– Meio Ambiente (Vivissecção de animais) – Lei nº 6.6.38, de 08.05.1979
– MPU (Mnistério Público da União) – Lei Complementar nº 75, de 20.05.1993
– MS (Mandado de Segurança) – Lei nº 12.016, de 07.08.2009
– MS (Pagto. de Salário a Servidor Público) Lei nº 5.021, de 09.06.1966

    N
    O

– OAB – Regulamento Geral
– OAB – Código de Ética e Dosciplina
– OAB (Estatuto) – Lei nº 8.906, de 04.07.1994
– Orçamento Público – Lei nº 4.320, de 17.03.1964
– Organização da Socidade Civil de Interesse Público – Decreto nº 3.100, de 30.06.1999
– Organização da Socidade Civil de Interesse Público – Lei nº 9.790, de 23.04.1999
– Organização Criminosa – Lei n° 9.034, de 03.05.1995

    P

– Parcelamento do Solo – Lei nº 6.766, de 19.12.1979
– Paternidade – Lei nº 8.560, de 29 de dezembro de 1992
– Pensão de Militar – Lei nº 3.765, de 04.05.1960
– Plano de Saúde – Resolução Normativa nº 128/2006
– Política Criminal – Resolução nº 07, de 11.07.1994
– Previdência Social (Plano de Custeio) – Lei nº 8.212, de 24.07.1991
– Previdência Social (Amparo para Velhice ou Inválidos) – Lei nº 6.179, de 11.12.1974
– Previdência Social (Plano de Benefícios) – Lei nº 8.213, de 24.07.1991
– Prisão Temporária – Lei nº 7.960, de 21.12.1989
– Privatização – Lei nº 9.491, de 09.09.1997
– Processo Administrativo perante a Administração Pública Federal – Lei nº 9.784, de 29.01.1999
– Processo Administrativo Fiscal – Decreto nº 70.235, de 06.03.1972
– Propaganda (vedação) de Fumígenos, Alcóol, Medicamentos, Terapias e Defensivos Agrícolas, etc. – Lei nº 9.294, de 15.07.1996
– Proteção à Testemunha – Lei nº 9.807, de 13.07.1999
– Protesto (Duplicatas, etc.) – Decreto nº 2.044, de 31.12.1908
– Protesto (Duplicatas, etc.) – Lei nº 9.492, de 10.09.1997

    Q
    R

– Rádio Comunitária – Decreto nº 2.615, de 03.06.1998
– Rádio Comunitária – Lei nº 9.612, de 19.02.1998
– Rádio Comunitária – Lei nº 10.597, de 11.12.2002
– Rádio Comunitária – Norma nº 2-98
– Reclamação Constitucional perante o STJ e STF – Lei n° 8.038, de 28.05.1990
– Recursos Especial e Extraordinário – Lei nº 8.038 de 28.05.1990
– Registro Público – Lei nº 6.015, de 31.12.1973
– Renegociação de Dívida Rural – Lei nº 11.322, de 13.07.2006
– Responsabilidade Fiscal – Lei Complementar nº 101, de 04.05.2000
– RPS (Regulamento geral da Previdência Social) – Decreto nº 3.048, de 06.05.1999

    S

– S. A. (Sociedade Anônima) – Lei nº 6.404, de 15.12.1976
– Saúde Pública – Lei nº 8.080, de 19.09.1990
– Seca (Combate) Lei nº 10.638, de 06.01.2003
– Seguradoras de Planos Privados – Lei nº 10.185, de 12.02.2001
– Seguradoras (SUSEP) – Lei nº 9.932, de 2012.1999
– Segurança Nacional – Lei nº 7.170, de 14.12.1983
– Seguro de Saúde – Lei nº 9.656, de 03.06.1998
– Seguro Obrigatório de Veículos – Lei nº 6.194, de 19.12.1974
– Servidor Público da União – Lei nº 8.112, de 11.12.1990
– Sigilo Bancário, Telefônico, Financeiro (etc.) – LC nº 105, de 10.01.2001
– sobre o Protocolo de Quioto
– Som – Lei nº 11.291, de 26.04.2006
– STF – Regimento Interno
– STF – Súmulas Vinculantes
– STJ – Regimento Interno
– Súmulas CJF
– Súmulas do TFR
– Súmulas do TSE
– Súmulas STF
– Súmulas STJ
– Súmulas TST
– SUS (Adm. Participativa – Transf. Recursos) – Lei nº 8.142, de 28.12.1990
– SUS (Recuperação) – Lei nº 8.080, de 19.09.1990

    T

– TDP (Títulos da Dívida Pública) – Lei nº 10.179, de 06.02.2001
– Telecomunicações – Lei nº 4.117, de 27.08.1962
– Telecomunicações – Lei nº 9.472, de 16.07.1997
– Tombamento (Patrimônio Histório e Artístico) – Decreto-Lei nº 25, de 30.11.1937
– Tortura – Lei nº 9.455, de 07.04.1997
– Trabalhador Rural – Lei Complementar nº 11, de 25.05.1971
– Trabalhador Rural – Lei nº 4.214, de 22.03.1963
– Trabalhista – Instrução Normativa TST 6 – Agravo de Instrumento
– Trabalho – Prazo Determinado – Lei nº 9.601, de 21.01.1998
– Trânsito – Lei nº 9.503, de 23.09.1997 (atualizado até 19.06.2008)
– Transplante de Órgãos – Lei nº 9.434, de 04.02.1997
– Tributos Federais – Lei nº 9.430, de 27.12.1996
– TSE – Regimento Interno
– Turismo – Lei nº 11.771, de 17.09.2008
– Tutela Antecipada contra a Fazenda Pública – Lei nº 9.494, de 10.09.1997

    U

– União Estável – Lei nº 9.278, de 10.05.1996
– Usucapião Especial Rural – Lei nº 6.969, de 10.12.1981
– Usura – Decreto nº 22.626, de 07,04.1933

    V

– Voluntariado – Lei nº 9.608, de 18.02.1998

    X
    Z

12 Responses

  1. bianca trombeta disse:

    fiquei tão triste com o diario de um cão.tenho 9 anos e é ruim pensar que as pessoas fazem isso. e tambem ja mandei para bastante pessoas . ler e aprender para as pessoas ponharem isso na cabeça.

    beijos de uma menina que ama cães.

    um bom trabalho.

  2. Edilce disse:

    Peço SOS, para os pobres animais indefesos, que haja punição para os que maltratam os cães, gatos etc. Não suporto mais vê tantas crueldade diantes destes mostros, que ferem os inocentes. Que a justiça seja rápida. Tomem por medidas severas para as pessoas que criam animais sós´para judiarem deles. Que seja mais divulgado a justiça dos animais.

  3. fabio disse:

    coitados dos animais.fiz anos hoje.

  4. Natália disse:

    Gostaria de saber se existe alguma punição penal para qualquer pessoa que ameasse abertamente a vida de um animal, e neste caso quais providencias o dono do mesmo deve tomar.

  5. adriana disse:

    pq vc nao procura um psicologo e um bom psiquiatra para lhe cuidar…

  6. Natália disse:

    Não procuro um psicologo ou um psiquiatra para me tratar, por que meu mal ao contrario do seu, não é loucura e sim preocupação, não apenas com os meus animais, mas com todas as criaturas de Deus, que por diversas vezes, são maltratadas por dementes como vc, que se intromete numa conversa que não é de sua conta. Perguntei ao Dr. Aldo Correa, pois sei que ele é um advogado competente e que seu respeito pelos animais é muito grande, tão grande que ele aceita até vc falando abobrinha sem sentido no blog dele. Desculpe ter demorado tanto a te respostar, é que ao contrario de muito desocupado como vc, que se mete onde não foi chamado, eu só tive tempo de abrir a página hoje e só hoje ví seu recadinho. Ah, se vc é um destes profissionais que me mandou procurar e está procurando cliente, obrigada não preciso destes serviços.Mas sei que pra ser um bom profissional nestas areas, tem em primeiro lugar tratar de se próprio e de seus problemas pra saber cuidar dos outros, já pensou um doente mental cuidando de outro,seria interessante. E me faz um favor me esquece, pois eu já disse a vc o que queria e nada mais do que vc diga, vai me interessar, pois não gosto de gente que se mete onde não é chamado. Se vc faz isso por não ter com quem conversar (ninguém aguenta gente chata por muito tempo) e por isso se mete na conversa dos outros,aceita um concelho, cria um cachorro ou um gato, trata ele deles bem, que eles vão ouvir tuas bobagens sem discordar, isso eu garanto. Pois quando um animal é bem tratado ele sabe retribuir o carinho mesmo que o dono seja alguém tão insuportável quanto eu imagino que vc seja.
    P.S: Se eu tive algum errinho de português nessa nossa amigavel conversinha, desculpa, ainda não estou prática com a nova reforma gramatical.
    Tchauzinho.

  7. Natália disse:

    Por que vc está em algum hospicio precisando de companhia?
    Eu me preocupo com o bem estar dos animais, mas tb, com os das outras criaturas de Deus mesmo aquelas de mais baixo nivel iguais a vc. Se tá precisando de companhia faz amizade com os outros doentes mentais, vc vai ver que muito deles são companhia muito mais interessantes do que muita gente que pensa ser normal como vc. Desculpa só ter te respondido depois de tanto tempo, é que eu não sou desocupada como vc, que se mete nos assuntos dos outros e só tive tempo de abrir a pagina do dr. Aldo hoje, Te cuida tá.

  8. Natália disse:

    Ih, pensei que o outro comentario não tinha ido, mandei outro. Mas pelo menos sem resposta vc não fica, já que definitivamente está será nossa ultima conversa, não vou perder meu precioso e pequeno tempo com gente como vc. Vai brincar o carnaval e desopilar, menina kkkkkkkkkkkk. Mas se encontrar algum animal não maltrata não, pois por conta propria eu já descobri uma lei que protege os animais inrracionais dos “racionais”.Pra vc de hoje em diante o silencio é minha resposta.

  9. jorge l. c. barbosa disse:

    gostaria de saber como denunciar um cidadão que mora em vera cruz (mar grande), que cria galos para briga e tambem para venda a pessoas que fazem rinha de galo. tenho constrangimento por ver que area é muito pequena um cubiculo, as aves estão em local abafado com esporões cortados. por favor me oriente como fazer.> end. do local rua oitero da faustina ao lado de um muro , depois do, telefone publico. são duas casas de criadores. a casa é muito facil de encontrar basta perguntar aos moto taxis na praça on de moram o criador de galo pra briga. conto com a juda. obrigado

  10. igor disse:

    Olá amigos, vamos divulgar esta iniciativa da WSPA e da Merial no combate a cinomose. Além de conscientizar os donos de cães da importância de proteger seus animais, a campanha beneficiará ainda milhares de cães sem donos de diversas regiões do país.

    Merial e WSPA Brasil juntas contra a cinomose

    Com o objetivo de combater a incidência da cinomose, doença altamente contagiosa que pode afetar cachorros de todas as raças e idades, a Merial realizará nos meses de abril e maio a campanha “Cinomose Aqui Não”. Neste período, 5% do total das doses vendidas das vacinas Recombitek® serão doadas à ong WSPA – Sociedade Mundial de Proteção Animal.

    A campanha, a ser realizada em todo o Brasil, visa chamar a atenção de donos de cachorro sobre a necessidade da vacinação anual contra a cinomose, que ainda mata milhares de cachorros no País. Os veterinários são aliados importantes dessa campanha, ao esclarecerem os donos de cachorros sobre os riscos e a prevenção dessa grave doença, contribuindo para sua eliminação.

    Ao término da campanha, a WSPA Brasil irá encaminhar a vacina doada pela Merial a ongs afiliadas, que ficarão responsáveis por aplicá-la em milhares de cães de diversas regiões do país. “Além de desenvolvermos soluções como a campanha Cinomose Aqui Não, e outras para prevenção e cura de doenças, também promovemos ações que estimulam e viabilizam seu controle, repartindo esse compromisso com ongs atuantes na proteção animal”, afirma Leonardo Brandão, gerente de produto e relacionamento da área de companhia da Merial.

    Atualmente, estima-se que apenas 7 milhões de cachorros sejam vacinados todos os anos contra a cinomose, numa população estimada de 30 milhões de animais. A cinomose é uma doença grave e quase sempre fatal. Sua transmissão ocorre por meio do contato direto (secreções nasais e orais) entre os animais. Por isso, a melhor opção de combatê-la é a prevenção por meio de vacinação dos cachorros.

    A cinomose é popularmente conhecida como a doença que cai os quartos. Ela pode causar diarréia e vômito, corrimento nasal e ocular, febre, falta de apetite, tiques nervosos, convulsões e paralisias. Saiba mais em http://www.cinomose.com.br.

    • Mais informações http://www.cinomose.com.br ou http://www.wspabrasil.org, ou 0800 888 7387 .

  11. Texto Assessoria disse:

    Cinomose Aqui Não

    Milhares de cães estarão protegidos contra a Cinomose por um ano graças à campanha Cinomose Aqui Não!,uma parceria entre a Merial Saúde Animal e a WSPA (Sociedade Mundial de Proteção Animal). A empresa doou mais de 8.200 doses da vacina Recombitek® à ongs filiadas à WSPA. Cada dose representa um cão que estará imune a esta doença quase sempre fatal. Atualmente, apenas um em cada cinco cães é vacinado contra a cinomose e como os veterinários aconselham: é melhor prevenir do que remediar. Mantenha em dia a carteira de
    vacinação do seu animalzinho.

    • Mais informações http://www.cinomose.com.br.

  12. Talita disse:

    Dr. há alguma lei que que assegura a matrícula de crianças no Ensino Infantil em escolas próximas ao trabalho da mãe?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  • 2,483,096 - Acessos !

Digite seu e-mail no espaço abaixo e clicar em acompanhar para nos seguir

Junte-se a 2.384 outros seguidores

maio 2017
D S T Q Q S S
« nov    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Leia a Bíblia Sagrada !

Salvação só em Jesus Cristo

Escritório:

81.3728.2648 e 8116.5304

Justiça Social

Apenas com Justiça Social seremos capazes de transformarmos a dura realidade das pessoas menos favorecidas.

Antes disso, é importantíssimo que possamos desenvolver uma mentalidade nacional voltada para o suprimento dessas necessidades básicas da população humilde, a fim de que tenhamos condições de sencibilizar a todos (inclusive nossa classe política, que há tanto tempo vem ocasionando esses desajustes perante a coletividade, afinal de contas, grandes importâncias pecuniárias estão sendo desviadas para o domínio ilícito particular da maioria desses políticos, assim como é de conhecimento público e notório e que quase ninguém faz nada).

Dentro dessa perspectiva, é fundamental que possamos fiscalizar, direta e indiretamente, a atuação do "Estado" e do particular (ONG's também) e exigir a punição aos infratores, especialmente, se forem Autoridades Públicas.

Dessa forma, talvez estejamos dando um passo concreto e mais eficaz em direção a um futuro mais equitativo para todos nós, principalmente para os mais pobres.

Bel. Aldo Corrêa de Lima - Advogado e Professor

Assembléia de Deus

Ministério Israel | Brasil | Pernambuco

Seminário de Teologia

Persiste em Ler, Exortar e Ensinar ... (1 Tm. 4.15)

Maluco por Jesus

Deus atraiu você até este site para falar-lhe algo ! Descubra o que é !!!

%d blogueiros gostam disto: